Resenha: Empire of Storms - Sarah J. Maas

Sinopse:

O longo caminho para o trono apenas começou para Aelin Galathynius. Lealdades foram destruídas e compradas, amigos foram perdidos e conquistados, e aquelas que possuem magia se encontram com chances e aqueles que não possuem não.
Conforme os reinos de Erilea se rompem ao redor dela, inimigos precisam se tornar aliados se Aelin quer impedir aqueles que ela ama de pararem nas forças obscuras prontas para reivindicar o seu mundo. Com a guerra se aproximando, a única chance de salvação encontra-se em uma busca desesperada que pode marcar o fim de tudo que Aelin preza.

UAU. Fazia tempo que eu não lia um livro que me prendesse do jeito que Empire of Storms (5º livro da série Trono de Vidro) me prendeu. Mas não podia esperar nada mais da Sarah J. Maas. Essa leitura foi perfeita para curar a minha ressaca literária. Foi um lacre do começo ao fim. Se você começou a ler a série e por algum motivo abandonou ela, faça um favor para si mesmo e continue a leitura. Sério, você não irá se arrepender.

Aelin Galathynius conseguiu derrotar o Rei de Adarlan e trazer a magia de volta para Erilea. Ela, junto com os seus companheiros vão em direção a Terrasen, para que Aelin possa assumir o trono que é seu por direito. Mas as coisas não serão tão fáceis assim. Questões políticas impedem que Aelin assume o seu trono, então tudo o que resta a ela fazer é ir em busca de aliados, para que o seu exército tenha alguma chance contra o exército de bruxas e criaturas malignas de Erawan.

Não bastasse isso, Aelin e seus companheiros ainda precisam encontras as outras wyrdkeys, já que elas fornecem a única chance verdadeira de derrotar Erawan e o seu exército. Só que eles não são os únicos que estão em busca delas...

Dorian ainda não superou o período que passou com o Valg dentro dele, controlando o seu corpo. Para piorar a situação, ele ainda tem que lidar com o fato de ser o Rei de Adarlan agora, ao mesmo tempo que tentar entender os seus poderes.

Elide conseguiu escapar dos horrores de Morath graças ao sacrifício de Kaltain Rompier e a ajuda de Manon Blackbeak, agora ela vai em direção ao seu reino e sua rainha em Terrasen.

Embora esse não tenha sido o meu livro preferido da série (Ainda prefiro Queen of Shadows), eu gostei bastante de Empire of Storms. Tudo nele se encaixou perfeitamente. As histórias paralelas de cada personagem se convergiram na história principal de maneira fantástica. Algumas coisas que aconteceram no decorrer do livro que pareciam ser irrelevantes tiveram extrema importância no plot. Várias coisas inesperadas (pelo menos para mim) aconteceram. Eu nem sei o que esperar para o último livro da série. Só sei que ele será um dos mais esperados por mim para 2017.

Livro: Empire of Storms
Autor (a): Sarah J. Maas
Editora: Bloomsbury
Número de Páginas: 689
Classificação: 

Comic Con Experience - parte III

FOI É P I C O. É assim que começo esse post.

A CCXP queria que a gente tivesse dias épicos e cumpriu! Pelo menos pra mim, hehe.
Bom, como já foi falado aqui, a Amanda foi nos dois primeiros dias e eu fui no Domingo... Pra falar a verdade, eu nem ia na Comic esse ano, mas quando vi que nada mais nada menos que SHADOWHUNTERS ia estar presente, eu não consegui NÃO comprar um ingresso.
Mas eu meio que tinha desencanado de ver eles, porque não queria ficar horas e horas na fila para entrar no primeiro painel e ficar até o painel da Netflix só para ver eles por alguns minutos, PORÉM um milagre caiu do céu e eu consegui entrada para a COLETIVA DE IMPRENSA da Netflix, graças novamente à Amanda! Confesso que fiquei bem nervosa, porque não fazia ideia de como seria (nunca tinha participado de uma coletiva de imprensa antes), mas no final eu fiquei extremamente feliz com cada minuto que passei lá! Vi não só o elenco de Shadowhunters, como fiquei pertinho de todos e consegui tirar muuuuuitas fotos e fazer muuuuuitos vídeos. 

Falando um pouco do geral da coletiva, as entrevistas eram rápidas, mas consegui conhecer mais da série 3%, as novidades da segunda temporada de Shadowhunters, curiosidades de Neil Patrick Harris e como foi ter dado vida ao Olaf de Desventuras em Série e mais novidades sobre a próxima temporada de Sense8. TODOS, simplesmente TODOS os atores foram simpáticos, brincaram... Foi uma sensação muito boa! O restante da feira eu só fiquei passeando, porque as filas eram enormes e eu não queria passar horas em uma fila para passar 5 minutos no estande. É cansativo andar o dia todo, mas eu me diverti e é isso que importa, não é mesmo? Abaixo, vocês conferem as fotos que tirei durante as coletivas! Segura que é bastante foto heim.



O elenco de 3% contou que admira tantos as criticas positivas quanto as negativas em relação a série e que eles trabalharão nelas para que a série continue cada vez melhor. E ainda contaram que existe um estranhamento do público por ser uma ficção científica, já que é mais comum ver isso em outros países como os Estados Unidos.







Dando uma pequena GRANDE ênfase no fato de que esses LINDOS olharam pra mim na hora de tirar foto (AI QUE EMOÇÃO SÓ DE LEMBRAR), eles não deram muitas dicas sobre o que irá acontecer na nova temporada de Shadowhunters, mas os personagens estarão mais vulneráveis  e a relação entre Jace e Valentine não acabará bem. 




O Neil é um foooooofo. Nos contou como foi a caracterização do Conde Olaf, se ele assistiu ao filme Desventuras em Série com o Jim Carrey (o diretor pediu para ele não ver, mas ele foi ousado e viu mesmo assim) e ainda contou o que achou do último episódio de How I Met Your Mother.




Já os atores de Sense8 falaram um pouco de como foram as gravações na Parada Gay no Brasil, quais são os preparos deles para as cenas e o que o público pode esperar na próxima temporada. E no Sábado ainda teve premiere do primeiro episódio com duração de duas horas!


E não contente em ter visto eles de perto, ainda fui correndo tirar mais fotos quando vi que eles estavam no estande do Omelete, hehehe.

Post grande, mas pela Comic Con pode né? Espero que tenham gostado!


Diário do Mochilão: Bruxelas - Bélgica

Hoje trago mais um post sobre o meu mochilão, dessa vez irei falar sobre o segundo país que eu visitei: a Bélgica. Fiquei 3 dias em Bruxelas e eu amei a cidade. Em dois dias dá para conhecer tudo, já que a maioria das atrações turísticas ficam próximas umas das outras e o melhor, dá para fazer tudo a pé (com exceção do Atomium, que eu vou falar um pouquinho mais para a frente).

Eu fiquei hospedada próxima da Grand-Place, que é a praça central de Bruxelas. A Grand Place é o centro geográfico, histórico e comercial de Bruxelas, e o primeiro local a ser visitado por quase todos os turistas. Nela está localizado o Town Hall (ou Hôtel de Ville), um dos prédios principais da cidade. A arquitetura dos prédios é muito bonita. A praça foi considerada pelo escritor francês Victor Hugo como a mais bonita do mundo.






A alguns quarteirões da praça está o ponto turístico mais visitado da cidade: o Manneken Pis. Isso mesmo, uma estátua de um menino fazendo xixi hahahaha. Existem várias lendas sobre o tal menininho uma delas é que no final do século XII, o filho de um duque foi encontrado fazendo xixi contra uma árvore em meio de uma batalha. Fizeram a estátua como símbolo da coragem militar do país (?).



O Atomium é uma das atrações que fica mais afastada do centro turístico, mas dá para chegar lá de transporte público. Ele foi construído em 1958 para a Expo Mundial de 58. Ele tem 103 metros de altura e representa um cristal elementar de ferro ampliado 165 milhões de vezes, com tubos que ligam as 9 partes formando 8 vértices. A instalação estava planejada para durar apenas seis meses, mas até hoje é visitada por turistas.




Quando se fala em Bélgica as primeiras coisas que vem na cabeça são: chocolates e waffles. Mas não é só por isso que a Bélgica é conhecida. Ao contrário do que muitos pensam, os belgas foram os primeiros a criar a batata frita. E vou dizer, nunca comi uma batata frita tão gostosa quanto as da Bélgica. Se estiver em Bruxelas, não deixe de visitar a Fritland, as batatas de lá são maravilhosas.





Os belgas também são conhecidos pelas suas histórias em quadrinho. Aliás, a cidade é conhecida como a Capital Mundial das Histórias em Quadrinho. Histórias famosas como os Smurfs e Tintin, são de lá. Pela cidade você encontra vários painéis dos personagens.



Se estiver na cidade não deixe de jeito nenhum de provar os chocolates belgas. Eles são maravilhosos. 



Espero que estejam gostando dos posts sobre a minha viagem. Se tiverem alguma dúvida só deixarem nos comentários, ficarei muito feliz em respondê-las.
Próxima parada do mochilão: Amsterdã. 

Comic Con Experience - parte II

Oi, gente! Como eu falei no post anterior, eu tive o privilégio de conseguir credencial de imprensa para a CCXP 2016, e a Isa também conseguiu ir no domingo. E estamos compartilhando um pouquinho da nossa alegria com vocês.

No segundo dia de CCXP 2016, eu particularmente, já estava muito ansiosa porque a Milla Jovovich estaria lá, para quem não a conhece, ela é a protagonista da série de filmes "Resident Evil" - baseados no game. Mas não foi só ela não, o diretor do filme "Resident Evil 6: O capítulo final", Paul W.S. Anderson, também esteve no auditório Cinemark.


Agora falando de cinema nacional, o que não é muito comum por aqui, o estande do filme de terror brasileiro "O Rastro" tinha uma pequena experiência do filme, e eu, medrosa que sou, decidi ir e quase infartei de medo, mas foi muito legal! Aliás, em breve, farei um post sobre o filme e sobre a minha opinião.


Outro estande que eu achei super legal e interativo foi o da Netflix, que em cada parte tinha uma brincadeira ou jogo pra você se divertir!


É isso, gente... Logo a Isa vai postar sobre o dia dela de cobertura da CCXP! E me digam, vocês foram para a CCXP? Conte-nos como foi! 

CINEMA: Lançamentos de Dezembro

Oi meus amores! Realmente, faz um tempo que não faço o post de lançamentos, mas não se preocupem e se preparem para as novidades do mês mais lindo do ano! 

Anjos da Noite - Guerras de Sangue (1 de dezembro)
Selene (Kate Beckinsale) é uma guerreira vampira que luta para acabar com a guerra eterna entre o clã Lycan de lobisomens sanguinários e a facção de vampiros que a traiu. Quando um novo levante parece tomar forma, ela irá utilizar sua influência e relacionamento com ambas as partes para negociar um cessar fogo.




Romeu e Julieta (5 de dezembro)
O filme é resultado da filmagem do espetáculo Romeu e Julieta, um dos contos mais conhecidos de William Shakespeare. Dirigido por Kenneth Branagh e Rob Ashford, o longa aborda a famosa história de amor de um jovem casal que se apaixona perdidamente, mas têm em seus pais e no destino um grande empecilho para a felicidade. E o final disso é trágico.



A Última Ressaca do Ano (8 de dezembro)
Com a morte recente do pai, os irmãos Clay (T.J. Miller) e Carol Vanston (Jennifer Aniston) disputam o controle da empresa de tecnologia por ele criada. Presidente da companhia, ele é ameaçado por ela, CEO, que planeja inclusive demitir todos os funcionários. Visando impressionar um novo cliente que pode representar sua garantia no poder, Clay pede que seu braço direito, Josh (Jason Bateman), organize uma espetacular festa de Natal.


Rogue One - Uma história Star Wars (15 de dezembro)
No primeiro filme derivado da franquia Star Wars, guerreiros rebeldes partem em missão para roubar os planos da Estrela da Morte e trazer nova esperança para a galáxia.


Capitão Fantástico (22 de dezembro) 
Ben é o pai de seis crianças pequenas, que decide fugir da civilização e criar os filhos nas florestas selvagens do Pacífico Norte. Ele passa os seus dias dando lições às crianças, ensinando-os a praticar esportes e a combater inimigos. Um dia, no entanto, Ben é forçado a deixar o local e retornar à vida na cidade. Começa o aprendizado do pai, que deve se acostumar à vida moderna.




O que vocês acharam dos filmes? Quais pretendem assistir? Compartilhem com a gente!