Resenha: Fangirl - Rainbow Rowell

 Sinopse:


Cath é fã da série de livros Simon Snow. Ok. Todo mundo é fã de Simon Snow, mas para Cath, ser fã é sua vida – e ela é realmente boa nisso. Vive lendo e relendo a série; está sempre antenada aos fóruns; escreve uma fanfic de sucesso; e até se veste igual aos personagens na estreia de cada filme. Diferente de sua irmã gêmea, Wren, que ao crescer deixou o fandom de lado, Cath simplesmente não consegue se desapegar. Ela não quer isso. Em sua fanfiction, um verdadeiro refúgio, Cath sempre sabe exatamente o que dizer, e pode escrever um romance muito mais intenso do que qualquer coisa que já experimentou na vida real. Mas agora que as duas estão indo para a faculdade, e Wren diz que não a quer como companheira de quarto, Cath se vê sozinha e completamente fora de sua zona de conforto. Uma nova realidade pode parecer assustadora para uma garota demasiadamente tímida. Mas ela terá de decidir se finalmente está preparada para abrir seu coração para novas pessoas e novas experiências. Será que Cath está pronta para começar a viver sua própria vida? Escrever suas próprias histórias?



Esse é o segundo livro da autora que eu li e já posso dizer com convicção que ela entrou para a minha lista de autores favoritos.


Fangirl é uma história sobre nós, leitores assíduos e compulsivos. Sim, isso mesmo que você leu. Todo mundo que cresceu lendo alguma série de livros (seja Harry Potter, Percy Jackson, entre outras) sabe exatamente o que a Cath passa. Para algumas pessoas um livro é apenas um livro, mas para outras um livro é simplesmente uma parte importante da sua vida.



Cath é uma garota super tímida que se vê sozinha na nova faculdade. Entre sair e socializar, como faz Wren sua irmã gêmea, Cath prefere ficar no quarto na companhia da sua fanfic sobre Simon Snow. Para quem não sabe, Simon Snow é a versão fictícia criada pela Rainbow que se assemelha com o universo de Harry Potter.




Rainbow Rowell tem o dom de criar personagens hilários, cativantes e incríveis e em Fangirl não foi diferente. As cenas em que o Levi aparecia me faziam gargalhar, até a Regan, colega de quarto mal humorada da Cath, me fazia rir.


O livro além de focar no universo de uma fangirl, ele foca no desenvolvimento pessoal da personagem. Você percebe nitidamente o quanto a Cath amadurece ao longo da narrativa, e isso ocorre sem ela deixar de lado a sua paixão por Simon Snow. Cath deixa de ser uma garota introspectiva e passa a se socializar mais. 


Uma das queixas que eu li em algumas resenhas em relação ao livro é a presença de trechos das fanfics escritas pela Cath entre os capítulos. Eu não me incomodei nem um pouco com isso. Aliás, se a Rainbow quiser publicar Vá em Frente Simon (nome da fanfic escrita pela Cath) eu ficarei muito feliz em ler. Agora vou esperar ansiosamente a publicação de Attachments e Landline, outros livros da autora, aqui no Brasil. 

Livro: Fangirl
Autor(a): Rainbow Rowell
Editora: Novo Século
Número de Páginas: 424  
Classificação: 

0 comentários:

Deixe seu comentário