Leituras do mês de Junho



Férias, sua linda, venha cá. Depois de muitos meses finalmente consegui ter tempo livre para ler. Nem acreditei quando vi que consegui ler cinco livros em junho. Pode não parecer grande coisa, mas para quem conseguia ler 2,3 livros por mês está ótimo. O melhor de tudo foi que consegui ler livros que há tempos estavam na minha TBR. Estou confiante que agora em julho, por causa da Maratona Literária de Inverno (assunto de um dos próximos posts) vou conseguir ler bem mais que isso. Quero aproveitar as férias para diminuir um pouco a minha já gigantesca TBR, até porque não sei como será a loucura do próximo semestre a finalização do meu TCC.


Finalmente depois de meses de antecipação pude ler o maravilhoso Toda Luz Que Não Podemos Ver. Não fui nem um pouco decepcionada. Atualmente ele ocupa o lugar de leitura favorita do ano, pelo menos até o momento. Fiquei encantada com o modo que o Anthony Doerr escolheu tratar de um assunto como a 2ª Guerra Mundial. Definitivamente mereceu ganhar o Pullitzer. Fiz resenha dele aqui no blog. 


Outro livro que estava bem ansiosa para ler era o Para Todos Os Garotos Que Já Amei da Jenny Han. Amei que a Intrínseca manteve a capa original. Acho ela uma graça. Aliás todo o livro é uma graça. Também fiz resenha dele aqui no blog. No momento estou lendo a sua continuação, Ps I Still Love You, que deve ser lançado aqui pela Intrínseca também no 1º semestre de 2016. 


Finalmente consegui terminar de ler As Crônicas de Bane. Tinha começado esse livro em dezembro, li as duas primeiras crônicas, deixei de lado. Decidi que deixar ele de lado por quase seis meses já estava ficando vergonhoso, porque ele foi escrito pela minha autora favorita e é sobre um dos meus personagens favoritos de TMI/TID. Nem preciso dizer que ele é incrível e Magnus Bane melhor pessoa. A resenha dele vai ao ar amanhã aqui no blog.


Como Eu Era Antes de Você estava na minha TBR há anos. Fiquei animada com as notícias sobre a adaptação, principalmente por causa do elenco (Emilia e Sam <3), e decidi que era uma boa hora para lê-lo. Nem preciso dizer que fiquei destruída, despedaçada com ele, não é? Quem leu sabe do que eu estou falando. Mesmo assim gostei muito dele e não vejo a hora de ver o filme, tenho certeza que será tão fantástico quanto o livro.


Minha última leitura do mês foi A Rainha Vermelha da Victoria Aveyard, outro livro que estava bastante ansiosa para ler. Alguns dizem que ele é uma espécie de mistura entre Game of Thrones e Jogos Vorazes, posso até ver as semelhanças, mas ele é beeeem mais que isso. A resenha dele será postada aqui em breve.
Bom, essas foram as minhas leituras do mês de junho. E vocês, o que leram? 

0 comentários:

Deixe seu comentário