Resenha: A Lâmina da Assassina - Sarah J. Maas


Sinopse:

Conheça o caminho da assassina. Pavimentado com sangue, lágrimas e suor. Implacável, sedutora, letal. Poucos conhecem seu rosto, menos ainda sobrevivem à sua fúria. Não à toa Celaena Sardothian é sinônimo de morte. Suas lâminas são certeiras, assim como seu estranho código de honra e seu aguçado senso de justiça. Mas como uma menina, encontrada agonizando pelo rei dos Assassinos de Adarlan, se tornaria a campeã do rei? Disputada pelo capitão da guarda real e o próprio príncipe herdeiro? No centro de intrigas políticas? 
Acompanhe Celaena vencer um lorde pirata e toda sua tripulação; o encontro como uma curandeira; seu treinamento com o Mestre Mudo, senhor dos assassinos silenciosos, nas dunas do deserto Vermelho; a prisão nas Minas de Sal de Endovier; ou, ainda, sua luta contra o mais escorregadio e traiçoeiro dos adversários — o próprio coração.


Vocês já devem estar cansados de me ver falar sobre a série Trono de Vidro. Não consigo evitar ela é uma das minhas favoritas. Acho que Celaena Sardothien é uma das personagens femininas mais memoráveis dos livros YA atuais. Ela é uma personagem cheia de facetas, em uma hora ela é uma assassina letal e na outra é apenas uma garota comum. Foi muito interessante ler sob a perspectiva dela antes de Endovier, como era fazer parte da Guilda dos Assassinos e como era o relacionamento dela com o famoso Sam.

O livro é composto por 5 contos: A Assassina e o Lorde Pirata, A Assassina e a Curandeira, A Assassina e o Deserto, A Assassina e o Submundo e a Assassina e o Império.

No primeiro conto, Celaena toma uma importante decisão, uma decisão que altera drasticamente a sua vida, o que leva aos acontecimentos dos contos seguintes. Durante esses contos foi possível ver o conflito que a personagem tinha com ela mesma. Mesmo sendo a maior assassina de Adarlan, ela possuía uma espécie de código moral e não estava de acordo com certas situações do seu “trabalho”.  

Ao ler os contos nós temos uma visão de como era a vida da Celaena quando ela ainda fazia parte da Guilda dos Assassinos e a relação dela com o seu mestre, Arobynn Hammel, além de finalmente descobrirmos a verdade por trás dos acontecimentos que fizeram com que o Rei de Adarlan a capturasse e a enviasse para os campos de trabalho de Endovier.

Acho que esse livro pode ser tanto lido antes de começar a série Trono de Vidro como depois. Ele não é uma leitura indispensável, mas é interessante ver esse outro lado da vida da Celaena.

Gostei bastante dos contos e mal posso esperar para que Queen of Shadows, quarto volume da série, seja lançado. 

Livro: A Lâmina da Assassina
Autor (a): Sarah J. Maas
Editora: Galera Record
Número de Páginas: 406
Classificação: 

0 comentários:

Deixe seu comentário