Resenha: Eu, Você e a Garota que Vai Morrer - Jesse Andrews



Sinopse:

Eu, você e a garota que vai morrer é uma mistura perfeita entre drama e humor e um retrato preciso da adolescência em face do amadurecimento. Na trama, Greg tem apenas um amigo, Earl, com quem passa o tempo livre jogando videogame e (re) criando versões bastante pessoais de clássicos do cinema, até a sua mãe decidir que ele deve se aproximar de Raquel, colega de turma que sofre de leucemia. Contrariando todas as expectativas, os três se tornam amigos e vivem experiências ao mesmo tempo tocantes e hilárias, narradas com incrível talento e sensibilidade. 

Se você é uma daquelas pessoas que leu o título desse livro e pensou: nossa, mais um livro com personagens doentes, você está muito enganado.  Eu, Você e a Garota que Vai Morrer é totalmente diferente desses outros livros. Ele é simplesmente hilário.

Greg decidiu que para conseguir sobreviver ao ensino médio ele não deveria participar de nenhum grupinho. Ele falaria com todo mundo, mas não escolheria nenhum grupinho para participar. No fim ele só tinha um amigo: o Earl. Ele e Earl, além de amigos, eram colegas de trabalho. Apaixonados por cinema, eles começaram a recriar as suas versões dos filmes que assistiam. Mas como eles achavam que não eram bons, nunca mostraram para ninguém.

Tudo estava ocorrendo bem para Greg no primeiro dia de aula do último ano do colégio, até que sua mãe o obriga a se aproximar de Rachel, uma colega da escola que acabou de descobrir que tem leucemia. Greg não sabe muito bem como se aproximar dela, mas no fim o que acaba juntando Rachel, Greg e Earl são os filmes que os dois fazem.

Greg, que é o personagem principal e narrador do livro, não é lá um dos personagens mais extraordinários, mas se tem uma coisa que não dá para negar é que ele é terrivelmente engraçado. Ele diz umas bizarrices que fazem você parar e pensar: não acredito que ele acabou de dizer isso. Alguns dos capítulos são narrados como se fossem um script de filme, o que eu achei bem interessante.

A amizade do Greg com o Earl não é nada convencional. Eles não têm nada em comum, a não ser o fato de ambos gostarem de filmes clássicos e criarem as suas versões desses filmes. Os filmes foram os responsáveis pelo surgimento de uma amizade deles com a Rachel. 

Gostei bastante do livro, só achei que o final foi muito vago. Geralmente isso não é um problema para mim, mas achei que nesse livro o autor poderia ter deixado as coisas um pouco melhor explicadas.

Eu, Você e a Garota que Vai Morrer já foi adaptado para o cinema, inclusive ele foi o vencedor nas categorias Público e Crítica do Festival de Sundance de 2015. Não vejo a hora de conseguir assistir ele. Pelo trailer ele parece incrível e com certeza vai entrar para a minha lista de filmes preferidos. Para quem quiser saber, ele já está disponível no Popcorn Time.


Livro: Eu, Você e a Garota que Vai Morrer
Autor (a): Jesse Andrews
Editora: Rocco Fábrica
Número de Páginas: 288
Classificação: 

0 comentários:

Deixe seu comentário