Resenha: The Kiss of Deception - Mary E. Pearson


Sinopse:

Em uma sociedade mergulhada em tradição. A vida da Princesa Lia segue um curso já predeterminado. Como uma First Daughter, é esperado dela que ela tenha o dom da visão – o que ela não tem – e ela sabe que os pais dela estão arranjando um casamento com base em uma fraude, apenas para firmar a aliança com um reino vizinho, um casamento com um príncipe que ela nunca viu.
Na manhã do seu casamento, Lia foge para um distante vilarejo. Ela estabelece uma nova vida, cheia de esperança, quando dois misteriosos e belos estranhos aparecem. Ela não faz ideia de que um deles é o príncipe que ela abandonou no altar e o outro é um assassino enviado para matá-la.

No Reino de Morrighan, as First Daughters (primeiras filhas) possuem habilidades especiais chamadas de gift. Por possuir uma linhagem nobre e ser uma First Daughter, é esperado que a Princesa Lia tenha esse gift, só que até o momento ele não havia se manifestado. As coisas complicam para ela quando seus pais arranjam um casamento para ela com o príncipe de Dalbreck, um reino poderoso com quem Morrighan sempre teve um relacionamento complicado. O casamento seria uma forma de assegurar uma aliança entre os dois reinos e uma forma de combater a crescente ameaça do Reino de Venda.

Mas Lia não quer esse casamento arranjado com um príncipe que ela nunca viu. Então no dia do seu casamento, com a ajuda da sua criada Pauline, elas fogem para o vilarejo de Terravin. Enquanto Lia começa a ter indícios de uma vida normal, dois misteriosos homens chegam à taverna onde ela trabalha como garçonete. Lia não faz ideia, mas um deles é o príncipe com quem ela deveria ter se casado e o outro é um assassino enviado para matá-la.  

Depois de ouvir vários comentários positivos sobre esse livro, como a história era fantástica, como o plot twist era surpreendente, resolvi dar uma chance a ele. Realmente o plot twist é surpreendente. Uma hora eu achava que sabia o que iria acontecer, outra hora eu já não tinha tanta certeza e quando realmente aconteceu não foi nada do que eu havia imaginado. Os capítulos são divididos entre os três personagens: Lia, o príncipe e o assassino. Como nos capítulos do príncipe e do assassino não é citado nenhum nome, você não consegue descobrir quem é quem. Tentei analisar o comportamento dos dois nos capítulos narrados pela Lia, mas também não consegui descobrir nada.

Mas o livro não gira entorno apenas disso. Vários mistérios envolvendo os reinos são abortados, assim como a mitologia envolvendo a criação do mundo deles e as habilidades especiais de uma First Daughter. Apesar de ser uma princesa, Lia foge daquele típico estereótipo. Ela tem voz própria, ela faz o que ela bem entender, mesmo que isso enfureça seus pais e seus conselheiros. 

The Kiss of Deception conseguiu unir perfeitamente bem os aspectos fantasisos da história com o romance e com o mistério envolvendo o príncipe e o assassino. Foi um ótimo livro de estreia para a série The Remnant Chronicles. Mal posso esperar para ler a sua continuação: The Heart of Betrayal. Ele será publicado aqui pela editora Dark Side, então já podemos esperar uma edição lindíssima.

Para quem eu indico: para todos que gostam de fantasia e se você leu e gostou dos livros da Sarah J. Maas, garanto que irá gostar de The Kiss of Deception.

Livro: The Kiss of Deception
Autor (a): Mary E. Pearson
Editora: Henry Holt and Co.
Número de Páginas: 492
Classificação: 

1 comentários:

  1. Ola, gostaria de saber como essa mitologia aparece no livro. Abraços :)

    ResponderExcluir