Diário do Mochilão: Santorini - Grécia

Já começo esse post pedindo desculpas pela enxurrada de fotos que irão vir em seguida. Tentei reduzir ao máximo o número de fotos para esse post, mas não consegui. O segundo destino do meu mochilão foi a Ilha Grega de Santorini.

Santorini é chamada oficialmente de Tira. Ela fica localizada no sul do Mar Egeu, a 200 quilômetros a sudeste da Grécia continental. O atual arquipélago de Santorini é o que restou depois de uma gigantesca erupção vulcânica. Santorini é composta por várias vilas, sendo Fira a maior. O deslocamento de uma vila a outra pode ser feito de duas maneiras: de ônibus ou de carro. Achei o preço do aluguel de carros em Santorini bem razoável. Por ser uma região bastante turística, eles não eram absurdos.

Fiquei hospedada em Perissa, uma praia localizada no lado sudeste da ilha, a 13 quilômetros de Fira. Perissa é conhecida como Black Sand Beach, por conta da sua areia vulcânica de cor preta.


No meu último dia em Santorini eu saí para explorar as outras vilas. Fiz todos os trajetos de ônibus. A primeira parada foi na Red Sand Beach, localizada próxima ao sítio arqueológico de Akrotiri. A praia recebe esse nome por conta da formação rochosa da região, o que tornou a areia vermelha.



Fira foi a minha segunda parada do dia. Ela é a mais importante vila da região e a capital de Santorini. Ali ficava o antigo porto de Santorini. Hoje em dia é bastante utilizado por barcos que fazem os passeios para o vulcão ou pelos navios de cruzeiro. Há duas maneiras de se descer até o porto: uma é descendo uma escadaria com mais de 400 degraus ou pelo teleférico. Fira é cheia de ruas estreitas com várias lojinhas e restaurantes. Vale a pena passar uma tarde inteira para conhecer a região.





Oia foi a minha última parada do dia e a minha parte preferida de Santorini. Ali você irá encontrar várias das casinhas brancas e azuis, símbolo da região. Cheguei no fim da tarde para ver o pôr-do-sol, que diziam ser um dos mais bonitos do mundo. E definitivamente é. Também é bastante disputado. Conforme a hora do sol de pôr se aproxima, as muretas das casas já vão sendo ocupadas pelos turistas em busca da foto perfeita. Quero muito voltar lá, mas dessa vez ficar hospedada na região.











O famoso iogurte grego
Experimentei alguns pratos da culinária grega. Meus preferidos eram os que vinham acompanhados do molho tzatziki, um molho à base de iogurte grego, alho, pepino e azeite.


Espero que estejam gostando dos posts. Se tiverem qualquer dúvida podem deixar nos comentários que irei responder o mais rápido possível.

Próxima parada do mochilão? Bruxelas, Bélgica.  

0 comentários:

Deixe seu comentário