Resenha: Novembro, 9 - Colleen Hoover



Sinopse:

Fallon conhece Ben, um aspirante a escritor, bem no dia da sua mudança de Los Angeles para Nova York. A química instantânea entre os dois faz com que passem o dia inteiro juntos – a vida atribulada de Fallon se torna uma grande inspiração para o romance que Ben pretende escrever. A mudança de Fallon é inevitável, mas eles prometem se encontrar todo ano, sempre no mesmo dia. Até que Fallon começa a suspeitar que o conto de fadas do qual faz parte pode ser uma fabricação de Ben em nome do enredo perfeito. Será que o relacionamento de Ben com Fallon, e o livro que nasce dele, pode ser considerado uma história de amor mesmo se terminar em corações partidos?

Os dias 9 de novembro não trazem boas lembranças para Fallon. Dois anos atrás ela quase morreu em um incêndio, que foi causado acidentalmente pelo seu pai. Por mais que ela tenha sobrevivido, as cicatrizes que ela agora carrega a fizeram deixar a sua promissora carreira de atriz. Ela decide mudar-se de Los Angeles para Nova York. E no dia em que ela está informando o seu pai sobre a sua mudança, ela conhece Ben, um aspirante a escritor. Ben, ao contrário das outras pessoas, não parece se importar com as suas cicatrizes. Eles acabam se aproximando e decidindo se encontrar todos os anos no dia 9 de novembro. Com isso, Ben escreveria um romance fictício sobre a história dos dois e dos seus encontros.

Em geral eu gostei desse livro, porém tive alguns probleminhas que fizeram a leitura se arrastar para mim. Primeiro: o livro é dividido por ano, marcado por cada encontro dos personagens no dia 9 de novembro. Os personagens passavam o ano separados e aparentemente nada de significativo acontecia. Segundo: o tal do amor instantâneo. A personagem até brinca que odeia isso. Mas adivinhem só? Foi basicamente o que aconteceu. Terceiro: tudo se resolve facilmente. O plot twist que a Colleen usou nesse livro merecia um final mais bem desenvolvido.

Todo mundo já sabe que a Colleen Hoover é a rainha dos plot twists. Quando você menos pode esperar ela vai lá e joga um no meio da história. E o plot twist desse livro, mesmo sendo extremamente irreal e mirabolante, foi o que na minha opinião salvou ele. A história estava se arrastando. Todo o drama estava injustificável. E do nada as coisas mudam e começam a fazer mais sentido.

Eu queria ter gostado mais desse livro, mas infelizmente ele não foi para mim. Tenho altas expectativas para It Ends With Us, já que várias pessoas disseram que era o melhor livro da Colleen até agora. Espero não me decepcionar. O próximo lançamento da Colleen pela Galera Record será de Confess. Eu já li e gostei bastante.

Livro: Novembro, 9
Autor (a): Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Número de Páginas: 349
Classificação: 

0 comentários:

Deixe seu comentário