Resenha: Mil Pedaços de Você - Claudia Gray

Sinopse:

Marguerite Caine cresceu cercada por teorias científicas revolucionárias graças aos pais, dois físicos brilhantes. Mas nada chega aos pés da mais recente invenção de sua mãe — um aparelho chamado Firebird, que permite que as pessoas alcancem dimensões paralelas. Quando o pai de Marguerite é assassinado, todas as evidências apontam para a mesma pessoa: Paul, o brilhante e enigmático pupilo dos professores. Antes de ser preso, ele escapa para outra realidade, fechando o ciclo do que parece ser o crime perfeito. Paul, no entanto, não considerou um fator fundamental: Marguerite. A filha do renomado cientista Henry Caine não sabe se é capaz de matar, mas, para vingar a morte de seu pai, está disposta a descobrir. Com a ajuda de outro estudante de física, a garota persegue o suspeito por várias dimensões. Em cada novo mundo, Marguerite encontra outra versão de Paul e, a cada novo encontro, suas certezas sobre a culpa dele diminuem. Será que as mesmas dúvidas entre eles estão destinadas a surgirem, de novo e de novo, em todas as vidas dos dois? Em meio a tantas existências drasticamente diferentes — uma grã-duquesa na Rússia czarista, uma órfã baladeira numa Londres futurista, uma refugiada em uma estação no meio do oceano —, Marguerite se questiona: entre todas as infinitas possibilidades do universo, o amor pode ser aquilo que perdura?

Confesso que uma das coisas que me fez comprar o livro Mil Pedaços de Você foi a capa. Ela é ou não é maravilhosa? Claro que eu também li vários comentários positivos sobre ele, mas não sabia exatamente do que a história se tratava. Mas apesar disso, de ter começado a leitura sem saber de nada, fiquei apaixonada pela trama. Eu não costumo ler livros de ficção cientifica, mas depois desse livro vou prestar mais atenção neles.

Os pais de Marguerite Caine são físicos brilhantes. Eles foram capazes de descobrir que existem um infinito de dimensões, algumas parecidas com a nossa, outras nem tanto. Eles também foram capazes de criar um objeto que possibilitasse que uma pessoa viajasse entre essas dimensões: o firebird. Só que um dos assistentes dos pais de Marguerite roubou o protótipo original, matou o seu pai e fugiu para outra dimensão. Marguerite tem a chance de ir atrás dele e matá-lo, vingando assim o seu pai.

O livro cita várias vezes teorias físicas, mas para mim esse não se tornou uma coisa cansativa. As teorias eram explicadas de forma que a personagem principal, que é leiga, pudesse compreender, então nós leitores conseguimos entender também.

Achei muito bacana o fato de cada universo ter características diferentes. A autora consegue construir tão perfeitamente bem esses universos, que foi fácil imagina-los na minha cabeça.

Além de ter um enorme cuidado em construir os mundos, a autora também conseguiu ao mesmo tempo construir os personagens principais: Marguerite, Paul e Theo. Marguerite é a narradora, então vamos descobrindo aos poucos sobre os outros dois personagens, tudo no tempo certo, sem criar um mistério desnecessário.

Além da capa maravilhosa, a diagramação desse livro também está impecável. Mal posso esperar para ler os outros dois volumes dessa trilogia.

Livro: Mil Pedaços de Você
Autor (a): Claudia Gray
Editora: Agir Now
Número de Páginas: 304
Classificação: 

0 comentários:

Deixe seu comentário